PERIAFRICANIA PRODUÇÕES

Loading...

sábado, 24 de janeiro de 2009

OPRESSÃO RIMA COM EXPLORAÇÃO

p/Nicinha Durans

O Capitalismo se utiliza de vários mecanismos ideológicos para melhor explorar a classe trabalhadora. Um desses mecanismos é a opressão.
Opressão é quando se utiliza diferenças seja de gênero, raça, etnia, opção sexual, etc., para pôr em desvantagem um grupo em relação a outro.
O machismo, o racismo, a homofobia, etc., são formas de opressão. Quando determinado grupo é oprimido, ele se torna muito mais vulnerável dentro da sociedade, e a exploração é bem maior.
A mulher negra está na base da pirâmide social, pois esta é vítima de duas formas de opressão que é o machismo e o racismo, e se esta for lésbica a situação é pior ainda.
Com a crise econômica mundial instaurada, o setor da classe mais atingido serão as mulheres negras, pois estas constituem o grande exército de reserva do capitalismo e em momento de crise como a que estamos presenciando, são as primeiras a serem demitidas. Se antes da crise o preconceito era notório, vide as diferenças salariais, com a crise isso tende a piorar com grande número de demissões, arrochos salariais, cortes nas políticas públicas, etc.
Todas as mulheres são oprimidas, mas somente as mulheres da classe trabalhadora, de maioria negra, podem travar uma luta conseqüente contra a opressão e exploração, pois é impossível solucionar esses problemas no marco da democracia burguesa. Devemos nos organizar para que a luta pelo socialismo seja ao mesmo tempo de combate ao racismo e machismo, relacionando raça, gênero e classe.

Nicinha Durans é militante do Quilombo Urbano, da Conlutas e do Núcleo de mulheres Preta Anastacia.

Um comentário:

THAS.CS disse...

Alô, galera do Quilombo Urbano! Meu nome é Jonathas e sou do curso de Educação Física da UFMA. Nós do curso estamos montando um encontro regional de estudantes de Educação Física, que terá como tema central: "A EDUCAÇÃO FÍSICA NA RELAÇÃO UNIVERSIDADE-SOCIEDADE. O PAPEL DA (de)FORMAÇÃO HUMANA EM TEMPOS DE CRISE."
O Quilombo Urbano foi indicado, na pessoal do Hertz, para o nosso encontro depois de alguns dos nossos organizadores verem o trabalho de vocês no Fórum Social Mundial acontecido e Belém. Gostariamos de saber da disponibilidade de vocês para conversarmos a respeito do Encontro e da participação do Quilombo Urbano.

Desde já agradeço e deixo o e-mail para contato...

Jonathas Carvalho de Sousa
thas.cs@hotmail.com