PERIAFRICANIA PRODUÇÕES

Loading...

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

Quilombo Urbano: Na Margem Esquerda do Fórum Social Mundial.

Durante a realização do Fórum Social Mundial no período de 31 de janeiro a 01 de fevereiro em Belém do Pará aconteceu também o encontro da Coordenação Nacional de Lutas (CONLUTAS). Nossa organização orgulhosamente participou em peso. Para muitos foi um grande aprendizado. Além das atividades de Hip Hop que realizamos como a plenária para fundação do Movimento Hip Hop Militante- Quilombo Brasil, participamos também da reunião de fundação da Frente Nacional de Movimentos Populares Urbanos que se deu no sindicato da construção civil daquele Estado.
Contudo, o momento de maior destaque de nossa querida organização aconteceu no dia 31/01 com a realização do debate “Negras e Negros diante da Crise Econômica e as Eleições do Barack Obama:Desafios & Perspectivas” organizado pelo movimento Quilombo Raça e Classe da CONLUTAS.
Na composição da mesa estava Deyse do Quilombo Raça e Classe, Marcos Silva do PSTU-MA, Julinho do Movimento Negro Unificado (MNU) do Rio de Janeiro e Hertz do Quilombo Urbano.
Como nas últimas atividades em participamos, a emoção tomou conta de todos (as) presentes. Deyse enfatizou principalmente o papel da mulher negra que é triplamente oprimida por ser negra, mulher e trabalhadora. Marcos Silva fez um a excelente análise de conjuntura alertando que esse não é um momento qualquer e que a eleição de Barak Obama se dar estrategicamente neste momento crítico.
Julinho Também expôs uma série de informações, especialmente sobre as grandes empresas norte-americana que apoiaram Obama para mostrar que ele é parte do jogo político da burguesia branca e racista dos Estados Unidos para continuar mantendo sua dominação imperialista no mundo.
Hertz fez um importante resgate histórico da relação entre as esquerdas marxistas e a luta contra as opressões, destacando que a ideologia do branqueamento e o mito da democracia racial prejudicaram muito o entendimento das esquerdas sobre a necessidade de combater o racismo no Brasil. Entretanto, destacou ainda as grandes contribuições de autores marxistas como Marx, Engels, Lênin e Trotski em torno desta questão. Por outro lado, ao analisar o processo de extermínio a qual a juventude negra está atualmente submetida no Brasil lamentou que “no momento em que os negros mais precisam o movimento negro brasileiro a maioria de suas entidades se lançam nas mãos desse governo que manda tropas para o Haiti e ocupar com força militar as periferias brasileiras”.
Todos foram enfáticos em afirmar que Barak Obama é um negro a serviço do decadente imperialismo branco é que, portanto, não representa os interesses dos negros ou de qualquer grupo oprimido e explorado deste planeta. Diversos militantes do Quilombo Urbano e de outras organizações fizeram ótimas intervenções enriquecendo ainda mais o debate
Na parte da noite deste dia o Quilombo Urbano deu um outro show, desta vez com apresentações dos grupos Q.I. Engatilhado, P.R.C. e Gíria Vermelha. Todas essas atividades aconteceram no Clube Monte Líbano no bairro do Brás e sempre estiveram lotadas. Não podemos esquecer que a direção pelega do Fórum Social Mundial queria reservar uma salinha com capacidade para 50 pessoas para a CONLUTAS realizar suas atividades. Certamente metade dela seria ocupada pelos militantes do Quilombo Urbano que estiveram em grande número em Belém.

Nenhum comentário: