PERIAFRICANIA PRODUÇÕES

Loading...

sexta-feira, 11 de outubro de 2013

PAZ DENTRO E FORA DAS CADEIAS! GUERRA À OLIGARQUIA SARNEY!


Aê favela! O Movimento Hip Hop Quilombo Urbano, que em 2014 vai fazer 25 anos de luta em defesa de nossa gente, vem propor um pacto de paz entre todas as organizações e as todas quebradas de São Luís.  É preciso fechar a torneira do liquido vermelho que escorre nas favelas e nas cadeias!
A organização criminosa que todos nós devemos combater nesse momento chama-se oligarquia Sarney. São eles que banham com sangue os sonhos da periferia.  HÁ quase 50 anos estão no poder humilhando nossa gente. Os netinhos deles dão rolê de jatinho e estudam no exterior, nossa molecada anda de chinelinho de dedo, pegam busão lotado, estudam em depósito e muitas vezes só tem o crime como horizonte para sobreviver na selva.
 As mães que choram as perdas dos seus filhos, são as mesmas que passam a noite no posto de saúde para marcar uma consulta. Eles vivem nos humilhando, mas nosso ódio é sempre descarregado contra nós mesmos.
Esses parasitas nos tiraram o direito à educação, a saúde, ao emprego, a felicidade, ao amor e seguem plantando o ódio entre nós. A PM que eles comandam não quer saber quem é bandido. Na favela para eles tudo mundo é igual.  Ninguém vive de boa sendo humilhado por morar na periferia. Se nos tratam assim, por que então não juntar os panos?
Os corpos sem vida no chão da favela ou no inferno de concreto de Pedrinhas têm a cor de nossa raça e a classe de nossa gente. É TUDO POBRE E PRETO, PARCEIRO!
É sangue de gente que mora nas quebradas com esgoto a céu aberto, sangue de gente cansada de tomar tapa de PM na cara, sangue de gente humilhada pelo patrão, sangue de gente que mora em barraco de madeirite onde a lata não tem leite e a panela não tem rango. Essa oligarquia maldita fundiu nossa paz em pólvora e sangue!
Lembram em 2010 quando jogaram Baixada e Capital na mesma triagem e no mesmo pavilhão? Quantos playboys morreram naquela fita? Nenhum! Até por que cadeia não foi feita para playboy.  Foram 18 só do nosso time, só da favela, só preto, só sofredor! Por várias vezes a fita se repetiu esse ano e a gota d’água foi na última quarta-feira (09 de outubro). Tudo facilitado para o sangue escorrer. Até quando irmão?
 Os manos das facções já mostram que tem capacidade de organização. Mas, é o seguinte, a organização não pode ser só para o crime, tem que ser pela favela, por todas as favelas.  
O favelado perigoso não é aquele que atira no próprio espelho, é aquele que se organiza para enfrentar quem humilha a favela, tipo aqueles que no Rio de Janeiro tão querendo saber onde a polícia enfiou o corpo do ajudante de pedreiro chamado Amarildo.
Nós não somos contra a organização dos presos para lutar por dignidade e respeito nas cadeias. Somos contra a guerra de sofredor contra sofredor. Nessa guerra, só quem ganha é a burguesia e os políticos corruptos.
Nossa união tem que ser no sofrimento, já que somos todos sofredores, e nossa luta tem que ser por justiça e liberdade, já que somos todos prisioneiros da pobreza, do desemprego, do racismo e do capitalismo.
O Quilombo Urbano não faz coro com Zé Povinho que quer aumentar a repressão contra a favela, nós conclamamos todas as favelas e periferias a se unir nesse momento para lutar contra a facção criminosa chamada oligarquia Sarney e melhorar as condições de vida de todos os favelados.
NEM GUERRA NA FAVELA, NEM PAZ PARA OLIGARQUIA!

PELO FIM DA GUERRA INTERNA NA PERIFERIA!

Um comentário:

robert luiz disse...

Porque não se unir para não cometerem crimes?

Sem violência dos favelados não haveria mais desculpa para a violência policial!