PERIAFRICANIA PRODUÇÕES

Loading...

segunda-feira, 19 de outubro de 2015

SOMENTE OS PLAYBOY’S TEM DIREITO AO LAZER NO GOVERNO DE FLÁVIO DINO!

O governo que retira o lazer da juventude negra e pobre é o mesmo que reprime suas festas.  Como na época da escravidão ou da oligarquia Sarney, a juventude negra e pobre não pode mais se reunir que vira ameaça.  Numa festa com mais de 200 jovens e adolescentes, todos são de “facção”? É isso mesmo? Meses atrás em uma festa realizada nesse mesmo espaço, uma casa na Avenida Santos Dumont, dezenas de jovens e adolescentes foram detidos! A alegação é que a festa era de uma “facção” e que os lideres chegariam mais tarde. Ora, por que então a polícia se apressou? No espetáculo promovido pela PM e pela mídia sensacionalista do Maranhão, foram apresentadas as armas apreendidas na festa: todas as armas brancas (facas) e a festa era um churrasco. Ou será que já se corta carne com colher?
Não estamos querendo defender facções sejam elas A ou B, na verdade nossa opinião é que essas “organizações” só alimentam a política nojenta que a polícia e o governo têm articulado para caracterizar todos os adolescentes da periferia como membros de facções para, assim, desviarem a atenção da população dos gravíssimos problemas sociais que enfrentamos. Esse é nosso alerta!
Essa juventude está servindo de bucha de canhão para as elites destes estados, políticos corruptos e seus jornalistas carniceiros. Uns saqueiam os cofres públicos e os outros recebem propinas para fazer porcaria jornalística.  Vocês já se perguntaram por que PM não dá investida nas orgias regadas a muita droga pesada organizada pela playboyzada desta cidade?  Por que os branquinhos do lado de lá da ponte não são mostrados nos programas policiais das nossas manhãs? Os traficantes que vendem droga no atacado moram mesmo nas periferias? Ora, a PM é aparelho repressor do Estado e ela serve a quem controla o Estado, e quem serve não reprime quem manda, é obvio assim!  A criminalização das drogas serve para justificar a repressão na periferia, enquanto a playboyzada adormece o nariz em suas “Sodomas de luxo” para no dia seguinte tirar onda com os pretinhos cabisbaixos nas TV’s e nos jornais controlados pela grana de seus pais. 
No nordeste, o governador Flávio Dino (PC do B) é o principal articulador da aplicação do “ajuste fiscal” de Dilma que só da educação cortou mais de 12 bilhões e cerca de 90 bilhões dos serviços públicos em geral. Por isso, transformar “resenha” em noticia central serve para tirar o foco dos ataques aos serviços públicos, principal causa da violência nesta cidade. Flávio Dino e Edvaldo Holanda estão preocupados é em aprovar o Novo Plano Diretor desta cidade para remover comunidades inteiras, permitir construção de apartamento de 35 andares e destruir o que resta de alternativa de lazer na periferia, mesmo que essa não seja a melhor forma de se divertir.
As escolas estão sem as mínimas condições de funcionar, mas o problema esta nessa juventude. O desemprego está nas alturas, mas a o problema está nessa juventude. Os programas sociais estão quase todos parados, mas a culpa é desta juventude! Infelizmente, Flávio Dino utiliza os mesmos ingredientes da velha oligarquia Sarney contra a juventude negra e pobre deste estado, justamente por que não tem políticas publicas a oferecer para a periferia, de nada valendo, então, a tal secretaria da juventude ou da igualdade racial do seu governo.
Pelo direito à vida e ao lazer de nossa juventude!
Fim da PM e da repressão nas periferias!
Mais escola, menos cadeias, mais professores, menos polícia!
Pela construção de área de lazer nas periferias!
Geração de emprego para negros e pobres!
Abaixo o racismo e o extermínio da juventude negra!

Movimento Hip Hop do Maranhão “Quilombo Urbano”

Nenhum comentário: